Pages

Por Lugares Incríveis de Jennifer Niven



Oi gente! Quero começar dizendo que Por Lugares Incríveis da Jennifer Niven foi um livro forte, emocionante, que me tocou diversas maneiras em várias vezes e no final com a nota da autora, eu fiquei mais emocionada ainda.
Por Lugares Incríveis trata sobre o suicídio e foi o primeiro livro que eu li que aborda esse assunto. Não é pesado, a autora escreveu de uma forma tocante e com um leve humor (não do tipo pra dar risada e sim para dar leveza). 

A história mostra Violet Markey, último ano do ensino médio que perdeu sua irmã mais velha quando ela cursava o segundo ano (Violet). Violet se culpa de diversas maneiras e sente uma pressão tremenda, afinal ela é a filha que restou para seus pais, tudo que eles não puderam fazer com sua irmã, querem fazer por ela. Isso acaba sufocando-a de certa maneira e por um momento ela pensa se não estivesse mais ali, e sobe o topo do prédio da escola. Acaba aparecendo Theodore Finch, um garoto que é rotulado no colégio como "Aberração". O primeiro momento entre eles é que Finch acaba salvando Violet do possível suicídio.



A história entre os dois começa nesse ponto e depois disso Finch se apega a Violet, com a menina meio receosa com a companhia daquele menino em que todos falam que é problemático. Finch é um garoto que tem seus pensamentos tumultuados, diretamente ele cita frases de autores que se suicidaram, ou seja, logo mostra que ele é um personagem que sofre com isso. 

Violet e Finch através de um trabalho de geografia se conhecem cada vez mais e de certa forma um ajuda o outro. O interessante do livro é que mostra como alguns personagens tem a visão que o suicídio é egoísmo, totalmente diferente de quando alguém morre (num acidente de carro por exemplo). Um pensamento que sinceramente, é horrível, porque quem pensa no ato de suicídio sofre com isso e não tem nada de egoísmo.

O livro aborda isso e um desfecho para um dos personagens mostra bem essa realidade sabe? Tanto que uma das famílias (desculpem, não quero dizer de qual) preferem negar que tal personagem sofre de uma doença, sofre com a depressão, e isso também é tão real no dia a dia, no nosso convívio.



Eu mais uma vez digo o quanto esse livro me tocou. Fiquei com o choro entalado, porque no final um dos personagens diz que "a gente sempre pode fazer mais", no entanto, a pessoa não consegue mais suportar a situação pela qual passa e não há ninguém que poderia ter feito mais. Por isso é extremamente importante que se você sofre com depressão, tem pensamentos de que você não deve estar aqui, você deve sim! Procure ajuda, fale com alguém, por favor, deixa alguém te ajudar. 

O livro é um alerta e acredito que através da história da autora, mesmo o final ter despedaçado meu coração, é para quem ler ficar atento com as pessoas ao seu redor, procure ajudar alguém. E famílias, não finjam que um problema não existe, quando na verdade ele existe, o encerramento disso pode ser doloroso.
♥♥♥♥♥ (cinco notinhas) | Editora: Seguinte | Páginas: 336

Vocês já leram esse livro? Acham interessante a temática? Espero que tenham gostado, beijos!

21 comentários:

  1. Ahh uma amiga comentou que esse livro é emocionante. E com a sua resenha, isso se confirma! Ótima dica! ;)

    Beijos

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Me interessei muito, gostei, vou vê se compro e leio! Ótima indicação!!
    Meu blog: jadiziaoamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ooi, adorei a resenha Por lugares Incríveis já esta na lista de leitura a muito tempo, porem ainda não consegui ler. Em todas as resenhas que li, só aumentou a vontade em ler.
    Beijos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Meu deus! estava louca para ler esse livro, mas agora eu estou mais ainda! O livro parece ser incrível! eu adoro esses livros que são auto-ajuda! Minha irmã tem esse livro aqui em casa! assim que eu terminar de ler o que eu estou lendo nesse momento vou pedir para ela emprestado!
    Um beijo grande e muito GORDO
    www.thaissgalbiero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Pela sua resenha parece um ótimo livro e com um tema mt importante a ser discutido. E essa capa linda? Deu nostalgia da minha infância.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro, mas parece ser super interessante. É muito importante alertar as pessoas para a depressão e para o suicídio! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  7. Que livro incrível. Adorei como a autora aborda esse tema.
    os relatos de uma jornalista

    ResponderExcluir
  8. Não fazia ideia que o livro tratava disso, realmente achei super diferente essa temática! Já quero ler, um outro que li sobre isso foi "Perdão, Leonard Peacock" vale à pena ler, um que é clássico é "os sofrimentos do jovem Werther", dá uma olhada caso te interesse.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, que bom que mencionou "Os sofrimentos do jovem Werther", porque me lembrou que já li esse livro (inclusive algo sobre a temática também), acabei me esquecendo! É realmente um clássico e muito bom! Abraços :)

      Excluir
  9. Que livro maravilhoso!
    Mesmo tratando de um assunto como esse, aparenta ser muito bom.
    Ótima resenha.
    Beijos.
    https://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Yes it is a really heaviness book. Thanks for your recommend.baby dress online

    ResponderExcluir
  11. Lu, ouço falar super bem desse livro, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo. A história deve ser emocionante mesmo!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  12. Que ótima história desse livro vale sim agente prestar mais atenção as pessoas ao nosso redor!
    Gostei da sinopse e da sua resenha!
    Beijos
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
  13. Oie! Tudo bem?
    Eu leio muito. Muuuuito. amo ler. Eu não li esse livro, mas li sua resenha com bastante carinho e gostei. Muito interessante mesmo. Realmente, o suicídio é até uma ideia tentadora para muitos que tem depressão. Eu já tive 3 crises de depressão e sei que o suicídio passa a ser uma "opção". É sinistro, mas a gente pensa nisso com certa obsessão... como algo real para te tirar do desespero, do vazio.
    É um livro que provoca raciocínios bem interessantes e importantes, Luana.
    Eu me livrei da depressão... mas será que volta um dia? Não sei.
    Não tenho mais ideias de suicídio. E que Deus me livre que eu tenha essas ideias novamente.
    No meu outro blog, o Concatenando Ideias, eu acho que já mencionei algo assim, como meu atual estilo de vida me afastou dessas coisas mal-sãs, mas não é fácil para ninguém e, tanto o suicídio quanto a depressão AINDA são subestimados nos dias de hoje, embora já haja mais consciência (menos ignorância).
    Parabéns pela resenha, esse é um ótimo post =D

    Um beijo e ótimo fds =D
    Antonia / Rock ur Nails!
    http://rockuroutfit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antonia, tudo bem sim. Olha, eu fico contente que a resenha tenha feito você comentar isso, sério, me deixa tão feliz quando alguém comenta além... A depressão é uma coisa séria mesmo, e eu estou torcendo para que ela jamais volte para você. Que bom que as ideias de suicídio não te assombram mais, só o fato de você estar comentando sobre isso, já é uma vitória contra ele, pense sempre em Deus e saiba que mesmo eu não te conhecendo pessoalmente, eu torço de verdade para tudo de bom na sua vida! Beijos, ótimo final de semana para você também. Obrigada por seu comentário ♥

      Excluir
  14. Que bacana, eu não conhecia, adorei sua resenha <3 beijos
    www.blogbelezamake.com

    ResponderExcluir
  15. esse livro tem uma capa linda, sou apaixonada. Ainda não li por falta de tempo mais é uma história que eu curto.
    bj http://diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  16. Quero lê ele. Obrigada pela sugestão amore. Xeruh!!!

    www.kleidenaira.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar! Deixa teu link que eu vou visitar você. Beijinhos 😘